Marisa Orth consagra-se atriz dramática desmascarando la Beauvoir

    Compartilhe

    Convidad
    Convidado

    23012010

    Marisa Orth consagra-se atriz dramática desmascarando la Beauvoir

    Mensagem por Convidad

    A Simone de Beuvoir de Marisa Orth deixa a gente de boca aberta na peça “O Inferno Sou Eu”. Marisa consagra-se atriz dramática, sem perder a capacidade de nos fazer rir. Ao lado dela, em cena, Paula Weinfeld, como dorinha, a “servente” da grande escritora, é a cereja do bolo. Parece uma feita para a outra. Tudo redondinho.
    O melhor de tudo é que, com elegância, Marisa Orth mostrou o lado de Madame Beauvoir que pouca gente conhece. O ciúme que sentia do galinha Jean Paul Sartre, o abuso do Gardenal (por parte de ambos), a vontade de ser amada, o amante perdido nos Estados Unidos, enfim, tudo o que a esquerda sempre fez questão de ignorar.
    Simone era chata, estrela e idolatrada. Viveu para manter uma imagem e a levou para o túmulo junto de si. A peça mostra a escritora no Recife, recuperando-se do tifo que pegou no Amazonas. Mostra também um certo desprezo que ela sentia pelo Brasil, ao mesmo tempo em que o país idolatrava a ela e a seu marido.
    No final, Marisa e Paula foram aplaudidas por muitos, muitos minutos. Todos em pé. Parabéns.

    Fonte: Terra
    Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

    avatar

    Mensagem em Sab Jan 23, 2010 3:07 pm por PMatos

    Então todos os votos de 'merda' ontem foram válidos ;D

    Parabens, Marisa o/

    Mensagem em Sab Jan 23, 2010 3:32 pm por Convidad

    Foram, com certeza foram Very Happy
    As críticas que saem agora da peça são um pouco extensas e eu exito um pouco em postar, mas vale a pena ler. Vou postar outra que saiu na Folha. Pra quem se interessa na peça, "um prato cheio..."

    Mensagem  por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Set 25, 2018 6:57 pm